quinta-feira, fevereiro 18, 2010

História do Jornal das Ciências Médicas de Lisboa - SCML

O Jornal das Ciências Médicas, publicado desde 1835, foi o primeiro jornal português de índole exclusivamente médica. É, ainda hoje, uma das revistas médicas mais antigas do mundo que ainda mantêm o título original.


Em Janeiro de 1835, Lisboa testemunhava a publicação do primeiro jornal português de índole exclusivamente médica. Chamava-se "Jornal das Ciências Médicas de Lisboa", tinha 48 páginas e encimava-o a divisa "Grata res cuncta profutura vulagre". Contava, entre os seus "cooperadores", com algumas das mais destacadas figuras da medicina da época: A. Farto, Lima Leitão, A. P. Cardoso, A. Salgado, B. A. Gomes, F. Barral, J. J. Pereira, R. Masarem, J. Cordeiro, J. L. da Luz e M. Teixeira. O seu primeiro artigo foi um notável trabalho de António Pedro Cardoso, denominado "O estado actual da Medicina e da Cirurgia em Portugal".
Uma vez restaurada a Sociedade das Ciências Médicas, após um período de dissolução, fez-se uma transacção com os relatores do "Jornal das Ciências Médicas" em virtude da qual este se transferiu para a sua posse.
O seu título passou a ser, em 1836, "Jornal da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa". Este período tornou-se num "repositório de grande valor de informações sobre a assistência pública nas cidades e nos campos, a higiene, a medicina legal, a clínica médica, cirúrgica, obstétrica e das especialidades, os estudos médicos, o exercício profissional, além de constituir o arquivo precioso de muitas observações e notícias, assim como de valiosas consultas e representações aos poderes públicos. A epidemiologia, e a história da medicina, a hidrologia, a demografia e a estatística, também, muito lhe devem".
Sem este jornal "seria impossível reconstituir a parte mais importante da História da Medicina em Portugal a partir do princípio do século XIX".
Este jornal é uma das revistas médicas mais antigas do mundo que ainda mantêm o título original:


1621 - Atti "Accademia della Scienza Mediche di Palermo"
1698 - "Accademia di Scienze Mediche e Chirurgiche"
1715 - "Accademia Lancisiana di Roma"
1773 - "Transation of Medical Society of London"
1827 - "American Journal of Medical Sciences"
1828 - "Gazette des Hôpitaux"
1836 - "Bulletin de l'Académie de Médecine de Paris »
1847 - « Virchow Archiv »
1851 - « Wiener Medizinische Wochenschrift »
1880 - "La Presse Mediacale"


Fonte: J. Cortez Pimentel. Alguns aspectos iconográficos e bibliográficos dos 150 anos da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa. Jornal da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa, Outubro de 1974, pg. 659)

http://www.scmed.pt/np4/28.html

Da prostituição na cidade de Lisboa (...) - Francisco Ignacio dos Santos Cruz (1841)

Cruz , Francisco Ignacio dos Santos -  Da prostituição na cidade de Lisboa; ou Considerações historicas, hygienicas e administrativas em ...