terça-feira, fevereiro 10, 2015

História da Medicina em Portugal - Origens, ligações e contextos - Manuel Valente Dias (2014)



História da Medicina em Portugal - Origens, ligações e contextos
 
AutorManuel Valente Alves
Concepção gráfica
Nina Szielasko

Apoio
Fundação Calouste Gulbenkian

Edição
Porto Editora

Local e data
Porto, 2014
 
capa dura
448 pp 
ISBN: 978-972-006-292-5

O livro História da Medicina em Portugal – Origens, ligações e contextos de Manuel Valente Alves mostra a evolução da medicina portuguesa entrelaçada com a ciência, as artes visuais, a filosofia, a política e outros domínios do saber. De grande beleza gráfica, profusamente ilustrado com centenas de imagens criteriosamente seleccionadas, muitas delas provenientes de alguns dos mais importantes museus, bibliotecas e arquivos históricos do mundo, este livro, escrito em linguagem simples e acessível mesmo a leitores não especializados, constitui uma surpreendente viagem através da História da Medicina, desde os seus primórdios até aos dias de hoje, centrada na realidade portuguesa.

A obra é composta por mais de uma centena de pequenas narrativas históricas, organizadas cronologicamente, que se ligam entre si configurando uma história global da medicina. O autor começa por abordar algumas práticas médicas antigas fundadoras do racionalismo médico, presentes em civilizações como a egípcia, chinesa, indiana e grega; atravessa a Idade Média, uma época marcada pela medicina monástica, pela medicina árabe e pelo nascimento das universidades; analisa a época do Renascimento, em que destaca a emergência da moderna medicina científica, a fundação do Hospital de Todos os Santos e a rede das Misericórdias; cruza o século XVII, em que aborda, entre muitos outros aspectos, a medicina no quadro da Revolução Científica e da emergência dos Estados-nação; reflecte sobre o século XVIII, com destaque para a reforma pombalina e os grandes movimentos filosóficos e políticos desse tempo; percorre o século XIX, em que se assiste à progressiva especialização da medicina e a reformas pioneiras no campo da saúde pública em Portugal; e os séculos XX e XXI em que o desenvolvimento tecnocientífico se traduz num progresso sem paralelo da medicina, que Portugal participa activamente, com investigação e iniciativas pioneiras nalgumas áreas. Termina com uma reflexão sobre o futuro da medicina na era da globalização avançada.

Fotos e texto retirados de: http://www.manuelvalentealves.net/livros

PORTUGAL E OS ESTRANGEIROS - Manuel Gomes Branco

Branco , Manuel Gomes – PORTUGAL E OS ESTRANGEIROS ,  Lisboa: Livraria A. M. Pereira, Imprensa Nacional, 1879-1895. 5 volumes.  In...