quinta-feira, dezembro 31, 2009

Viale Moutinho oferece edições de Camilo à autarquia de Famalicão

O ensaísta e escritor José Viale Moutinho vai doar o seu espólio camiliano ao município de Vila Nova de Famalicão, enriquecendo o acervo da Biblioteca do Centro de Estudos Camilianos e da Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide. Entre as obras oferecidas, destaque para volumes raros de Camilo publicados no estrangeiro, nomeadamente no continente asiático e países de leste, como a tradução romena de "Amor de Perdição", realizada por Alexandre Popescu.

A novidade foi avançada pelo próprio Viale Moutinho, um dos maiores coleccionadores de edições estrangeiras do romancista, na última quinta-feira, durante a primeira apresentação pública da obra "Memórias Fotobiográficas de Camilo Castelo Branco (1825-1890)", da editorial Caminho, que decorreu no auditório de S. Miguel de Seide.

É na Casa de Camilo que, segundo o autor, "se deve reunir tudo quanto a Camilo diz respeito, pois já não somos quem de nos arvoramos em pequenos museus bibliográficos deste ou daquele dos raros génios da nossa Cultura, e Seide é o sítio de Camilo".

Viale Moutinho anunciou ainda a intenção de realizar na Casa de Camilo uma mostra das edições estrangeiras de Camilo, "apoiado no meu e noutros espólios, e respectivo catálogo e naturalmente este é o lugar ideal para o fazer", afirmou.

De resto, Viale Moutinho, que já foi jornalista, é escritor premiado e autor de uma vasta obra sobre Camilo, que o "marcou muito" e pelo qual mantém "o culto camiliano". Neste sentido, continuará a desenvolver trabalhos sobre o romancista, tendo alguns já adiantados, como é o caso de Camilo e o Porto e o livro das visitas à Casa de Camilo de Seide, bem como um álbum de desenhos de Jorge Castelo Branco, filho de Camilo e Ana Plácido, como referiu ainda o autor.

Porém, "agora tem de processar-se o natural caminho destas memórias fotobiográficas", salientou o escritor. Sobre esta obra que reúne mais de 600 imagens que retratam a vida do autor de "Amor de Perdição" ou a "Queda de um Anjo", Viale Moutinho disse que "o livro fala por si, mostrando-se como um universo camiliano a que uma cronologia comparada no final parece dar um terrível sentido".

Desde a certidão de nascimento até ao documento de óbito, nas 414 páginas do volume editado pela Caminho, reúnem-se retratos, documentos, imagens da época, fotografias dos locais camilianos e muitos mais documentos, num conjunto exaustivo que permite mergulhar de uma forma inédita no universo desta figura da literatura portuguesa. "Ora esta fotobiografia, como sabem e verificam, sai com Camilo vivo, tal como garante a existência desta Casa de Camilo, neste município que sempre acreditou, como muitos de nós, na imortalidade de quem é Camilo Castelo Branco", sublinhou ainda Viale Moutinho.

A cerimónia contou ainda com as presenças do responsável pela Editorial Caminho, Zeferino Coelho e do vereador da Cultura de Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha. O responsável municipal salientou a importância da fotobiografia, referindo que "é uma obra que torna viva e presente a memória de Camilo Castelo Branco". Paulo Cunha destacou ainda que "Camilo é uma referência que honra e dignifica Famalicão", e neste âmbito "é um desígnio da política cultural famalicense".

http://www.onoticiasdatrofa.pt/nt/index.php?option=com_content&view=article&id=5153:viale-moutinho-oferece-edicoes-de-camilo-a-autarquia-de-famalicao&catid=458:regiao&Itemid=411

PRINCIPIOS DE GRAMMATICA PORTUGUEZA - Francisco de Andrade

Andrade , Francisco de - PRINCIPIOS DE GRAMMATICA PORTUGUEZA ,  Funchal: Typographia Nacional, 1844. https://archive.org/stream/pri...