sábado, outubro 17, 2009

100 Livros Portugueses do Século XX - Fernando Pinto do Amaral

100 Livros Portugueses do Século XX
por Fernando Pinto do Amaral (in O Público, 27 Abril 2002)

  • A Cidade e As Serras, Eça de Queirós (1845-1900)
  • Gente Singular, Manuel Teixeira Gomes (1860-1941)
  • Marânus, Teixeira de Pascoaes (1877-1952)
  • Húmus, Raul Brandão (1867-1930)
  • Pedro o Cru, António Patrício (1878-1930)
  • Terras do Demo, Aquilino Ribeiro (1885-1963)
  • Clepsidra, Camilo Pessanha (1867-1926)
  • Ensaios, António Sérgio (1883-1968)
  • Canções, António Botto (1897-1959)
  • Poemas de Deus e do Diabo, José Régio (1901-1969)
  • A Selva, Ferreira de Castro (1898-1974)
  • Charneca em Flor, Florbela Espanca (1894-1930)
  • Gladiadores, Alfredo Cortês (1880-1946)
  • Mensagem, Fernando Pessoa (1888-1935)
  • A Criação do Mundo, Miguel Torga (1907-1995)
  • Sedução, José Marmelo e Silva (1913-1991)
  • Nome de Guerra, Almada-Negreiros (1893-1970)
  • Contos Bárbaros, João de Araújo Correia (1899-1985)
  • Gaibéus, Alves Redol (1911-1969)
  • Solidão/Notas do Punho de Uma Mulher, Irene Lisboa (1892-1958)
  • Apenas Uma Narrativa, António Pedro (1909-1967)
  • O Barão, Branquinho da Fonseca (1905-1974)
  • Historiazinha de Portugal, Adolfo Simões Müller (1909-1989)
  • Noite Aberta Aos Quatro Ventos, Adolfo Casais Monteiro (1908-1972)
  • Mau Tempo No Canal, Vitorino Nemésio (1901-1978)
  • O Caminho da Culpa, Joaquim Paço D'Arcos (1908-1979)
  • O Dia Cinzento, Mário Dionísio (1916-1993)
  • Poesia, Sophia de Mello Breyner Andresen (n.1919)
  • Poesias, Álvaro de Campos
  • Odes, Ricardo Reis
  • Poemas, Alberto Caeiro
  • Poesias, Mário de Sá-Carneiro (1890-1916)
  • A Toca do Lobo, Tomás de Figueiredo (1902-1970)
  • Ossadas, Afonso Duarte (1884-1958)
  • As Mãos e os Frutos, Eugénio de Andrade (n.1923)
  • Poesia I, José Gomes Ferreira (1900-1985)
  • Retalhos da Vida de Um Médico, Fernando Namora (1919-1989)
  • A Secreta Viagem, David Mourão-Ferreira (1927-1996)
  • O Fogo e As Cinzas, Manuel da Fonseca (1911-1993)
  • Pelo Sonho É Que Vamos, Sebastião da Gama (1924-1952)
  • A Sibila, Agustina Bessa-Luís (n. 1922)
  • História da Literatura Portuguesa, António José Saraiva (1917-1993) e Óscar Lopes (n. 1917)
  • Movimento Perpétuo, António Gedeão (1906-1997)
  • Dimensão Encontrada, Natália Correia (1923-1993)
  • Pena Capital, Mário Cesariny (n. 1923)
  • Teatro, Bernardo Santareno (1924-1980)
  • A Origem, Graça Pina de Morais (1929-1992)
  • Léah, José Rodrigues Miguéis (1901-1980)
  • No Reino da Dinamarca, Alexandre O'Neill (1924-1986)
  • A Cidade das Flores, Augusto Abelaira (n. 1926)
  • Bastardos do Sol, Urbano Tavares Rodrigues (n. 1923)
  • Tanta Gente, Mariana..., Maria Judite de Carvalho (1921-1998)
  • A Colher na Boca, Herberto Helder (n. 1933)
  • Felizmente Há Luar!, Luís de Sttau Monteiro (1926-1993)
  • O Palhaço Verde, Matilde Rosa Araújo (n. 1921)
  • Rumor Branco, Almeida Faria (n. 1943)
  • Xerazade e os Outros, Fernanda Botelho (n. 1926)
  • A Torre da Barbela, Ruben A. (1920-1975)
  • Praça da Canção, Manuel Alegre (n. 1936)
  • Estou Vivo e Escrevo Sol, António Ramos Rosa (n. 1924)
  • Teoria da Literatura, Vítor Manuel de Aguiar e Silva (n. 1939)
  • O Delfim, José Cardoso Pires (1925-1998)
  • A Noite e o Riso, Nuno Bragança (1929-1985)
  • As Aves, Gastão Cruz (n.1941)
  • Maina Mendes, Maria Velho da Costa (n. 1938)
  • Peregrinação Interior, António Alçada Baptista (n. 1927)
  • A Raiz Afectuosa, António Osório (n. 1933)
  • Novas Cartas Portuguesas, Maria I. Barreno (n.1938), Maria T. Horta (n. 1937) e Maria V. da Costa
  • Os Sítios Sitiados, Luiza Neto Jorge (1939-1989)
  • Paisagens Timorenses com Vultos, Ruy Cinatti (1915-1986)
  • Toda a Terra, Ruy Belo (1933-1978)
  • O Que Diz Molero, Dinis Machado (n. 1930)
  • Finisterra, Carlos de Oliveira (1921-1981)
  • O Labirinto da Saudade, Eduardo Lourenço (n.1923)
  • Rosa, Minha Irmã Rosa, Alice Vieira (n.1943)
  • Sinais de Fogo, Jorge de Sena (1919-1978)
  • Instrumentos Para a Melancolia, Vasco Graça Moura (n. 1942)
  • Uma Exposição, João M. F. Jorge (n. 1943), Joaquim M. Magalhães (n. 1945), Jorge Molder (n. 1947)
  • O Silêncio, Teolinda Gersão (n. 1940)
  • Livro do Desassossego, Fernando Pessoa-Bernardo Soares
  • Memorial do Convento, José Saramago (n.1922)
  • Os Universos da Crítica, Eduardo Prado Coelho (n.1944)
  • Para Sempre, Vergílio Ferreira (1916-1996)
  • Amadeo, Mário Cláudio (n. 1941)
  • Um Falcão no Punho - Diário I, Maria Gabriela Llansol (n. 1931)
  • Adeus, Princesa, Clara Pinto Correia (n.1960)
  • As Moradas 1 & 2, António Franco Alexandre (n. 1944)
  • O Medo, Al Berto (1948-1997)
  • Gente Feliz com Lágrimas, João de Melo (n. 1949)
  • O Pequeno Mundo, Luísa Costa Gomes (n. 1954)
  • A Ilha dos Mortos, Luís Filipe Castro Mendes (n. 1950)
  • A Musa Irregular, Fernando Assis Pacheco (1937-1995)
  • Um Canto na Espessura do Tempo, Nuno Júdice (n. 1949)
  • Um Deus Passeando pela Brisa da Tarde, Mário de Carvalho (n. 1944)
  • Vulcão, Luís Miguel Nava (1957-1995)
  • Guião de Caronte, Pedro Tamen (n. 1934)
  • Geórgicas, Fernando Echevarría (n. 1929)
  • O Vale da Paixão, Lídia Jorge (n. 1946)
  • Cenas Vivas, Fiama Hasse Pais Brandão (n. 1938)
  • Não Entres Tão Depressa Nessa Noite Escura, António Lobo Antunes (n. 1942)

In: http://bibliomanias.no.sapo.pt/100livros.htm

PRINCIPIOS DE GRAMMATICA PORTUGUEZA - Francisco de Andrade

Andrade , Francisco de - PRINCIPIOS DE GRAMMATICA PORTUGUEZA ,  Funchal: Typographia Nacional, 1844. https://archive.org/stream/pri...